Maria de Fátima Nogueira dos Santos, Psicólogo(a), Goiânia

Monstro da emoção

Lembro me uma noite,por voltas de 1973,dormia no quarto de meus pais.
Era o período dos medos,monstros das emoções.
Acordei depois de um sonho ruim, olhei para aquele quarto totalmente escuro,vi de pé,próximo a minha cama um monstro terrivel e enorme!
Nem tem como relatar o pavor que tomou conta de todo meu ser e quão imensa foi minha luta pela madrugada.
Para só então ao clarear o dia constatar que meu monstro era a capa de chuva do meu pai,pendurada na parede.

Então hoje entendo que nossas emoções pode ter falsa interpretação da realidade e nos colocar num estado de alerta extremo e prejudicial.

Precisamos nos conhecer através da psicoterapia,para identificar os monstros emocionais que sugam nossa energia vital.

Caro(a)leitor(a), se você tem acompanhado meus textos,você acredita no extraordinario da humanidade!E te exalto por fazer parte dessa jornada linda que é descobrir pessoas,potencializar sua peformance no mundo.

Um grande abraço!