Mecanismo de defesa

A Fuga é considerada pela psicanálise como pertencentes ao que Freud denominou como Mecanismo de defesa.

Está teoria é algo muito interessante, pois nosso cérebro é capaz de apagar memórias, sentimentos, eventos, entre outros do nosso consciente e guardar no inconsciente para evitar o sofrimento.

Este conceito foi criado pelo psicanalista austríaco Sigmund Freud (1856-1939), que é considerado até hoje o “Pai da psicanálise".

O qual relata: "Mecanismos de defesa são subterfúgios criados pelo ego (a ideia que todo mundo tem a respeito de si mesmo) diante de determinadas situações, com o objetivo de proteger a pessoa de prováveis dores, sofrimentos e decepções.

Em outras palavras, os mecanismos de defesa são as estratégias do ego, de forma inconsciente, para proteger a personalidade contra o que ela considera ameaça. São, também, os diversos tipos de processos psíquicos, cuja finalidade é afastar o evento que gera sofrimento da percepção consciente." (IBPC - Instituto Brasileiro de Psicanálise Clínica).

Podemos destacar outros mecanismos de defesa, como: Recalcamento ou Repressão, negação, regressão, deslocamento, projeção, isolamento, formação reativa e sublimação, que é a um dos principais mecanismo de defesa.

Você se identificou com este tema?

Então, procure um profissional da área da psicológia e agende seu horário .

Adriana Marcondes Feitoza - CRP 06/51993

Psicóloga Fenomenologica e Arteterapeuta

@psicoarteadrianafeitoza